Inscreve-te como Dador de Medula Óssea

Principais Condições para seres Dador:
- Ter entre 18 e 45 Anos /Peso mínimo de 50Kg /Ser saudável/ Nunca ter recebido transfusões
O que se faz na incrição de Dador:
- Apresentar B.I/cartão de Cidadão/Preencher formulário disponível no local/Pequena colheita de sangue (20ml)
Nota: Não necessitas de estar em jejum
Locais onde podes doar:
CENTRO DE HISTOCOMPATIBILIDADE DO NORTE
(2ª a 6ª feira das 9h às 17h30,sem interrupção de hora de almoço)
R. Dr. Roberto Frias (Pavilhão Maria Fernanda)
4200-467 Porto /Tlf. 22 557 34 70
CENTRO DE HISTOCOMPATIBILIDADE DO SUL
(2ª a 5ªfeira das 8h às 16 horas, 6ªfeira das 8h às 15 horas)
Alameda das Linhas de Torres, 117
1769-001 Lisboa / Tlf. 21 750 41 00
CENTRO DE HISTOCOMPATIBILIDADE DO CENTRO
Praceta Professor Mota Pinto, Apartado 9041
3001-301 Coimbra / Tlf. 23 948 07 00
Para mais informações, podes enviar um email para: carmenzitapine@hotmail.com

sexta-feira, 28 de setembro de 2012

Saudades da Princesa Cá...

Saudades da Princesa Cá e das suas invenções...

video

Fazes-nos muito falta!
Eras especial... eras única.... 

3 comentários:

  1. Olá Princesa

    A tua ausência cada vez custa mais...agradeço a toda a tua família por nos proporcionar a continuar a ter estes momentos, por nos mantermos ligados a ti, por nos continuares a dar força para não desistirmos.
    Obrigada princesa, mas as minhas lágrimas continuam muito soltas...venho aqui todas as manhãs...a tua foto acompanha-me......
    Com muitas saudades...até já
    Bertina, vítor e Maria

    ResponderEliminar
  2. A Carmenzita é especial e unica....
    Obrigado por partilharem estes momentos... Mesmo quem não a conheceu pessoalmente como eu (mas que acompanhou a sua luta) não deixa de se emocionar...

    Muita força...

    ResponderEliminar
  3. Quero deixar aqui uma mensagem à família da Cá, embora saiba que as palavras não conseguem acabar com a tristeza que deste momento e para todo o sempre estará nos vossos corações. A Cá era, e continuará a ser, uma lutadora muito corajosa, só me entristece o facto de ter vencido tantas batalhas e o fim ter sido o que ninguém esperava.Sou mãe e não consigo perceber porque uma mãe tem que passar por um momento tão doloroso e sem fim, que deve ser a ausência de um filho...Muita coragem e força se for possível.

    ResponderEliminar